Páginas

domingo, 6 de junho de 2010

Sentenças dos sábios

Sendo um ser humano como outro qualquer, também, estou sujeita a distorções em minhas palavras, malentendidos, maledicências, grosserias intelectuais ou afetivas. Para não perder o prumo, deixando o tempo cuidar do que nos é impossível resolver, é aconselhável procurar antídotos compensadores; um deles, para mim, sempre foi a Bíblia; Provérbios e Sabedoria, atribuídos a Salomão e os Evangelhos de Jesus “Ieschua de Nazaré, o Messiah”.

Provérbios:
Se você fraqueja no dia da desgraça, é sinal de que a sua força é bem pequena. 24; 10.

Para o tolo a sabedoria é coisa inacessível, e no tribunal ele não abrirá a boca. 24; 7.
Não perca tempo falando com nenhum insensato, porque ele vai desprezar suas palavras sábias. 23; 9.

A pedra é pesada e a areia é uma carga, mas a cólera do estúpido pesa mais do que as duas. 27; 3.

O tapa do amigo é leal, mas o beijo do inimigo é mentiroso. 27; 6.


Sabedoria:
A Sabedoria é mais bela que o sol e supera todas as constelações de astros. Comparada a luz do dia ela sai ganhando, pois a luz cede lugar à noite, mas a sabedoria o mal não prevalece. 7; 29,30.


Ela se estende vigorosamente de um extremo outro, e governa retamente o univers.8; 1.
______________________________

Um comentário:

Anônimo disse...

Martha querida,
que alegria te visitar e de cara encontrar esse maná!
Também amo a Bíblia e seus Livros.
Salmos é um delírio!
Provérbios é um jato de luz no entendimento.
Os Evangelhos é o máximo! Porque é nele que Jesus dialoga conosco e nos convida a uma reflexão profunda e mudança de postura.
Parabéns pela belíssima e edificante inspiração!
um beijo
até amanhâ.
denise