Páginas

sexta-feira, 30 de novembro de 2012

O signo de Sagitário é o 9º do Zodíaco -sinopse

Irã 1630-31 gravura muçulmana 

 O signo de Sagitário é regido pelo elemento Fogo
Iluminura séc.XV
 Regência – Planeta Júpiter (Roma) - Zeus (Grécia)- Princípio cósmico da Dignidade.
Masculino, mutável. (21-22-23/novembro - dependendo da longitude e latitude horária).
Zeus e Hera - deuses do Olimpo
Simbolicamente concede: Progresso. Expansão. Conceitos. Princípios. Leis. Magistratura. Sacerdócio. Magistério. Julgamento. Ordem. Conhecimento. Cultura. Ética. Dogmas. Rituais. Doutrinas. Religiosidade. Justiça. Regras. Metas. Valores morais. Leis. Dissimulação. Esportividade. Hipocrisia. Instinto de nômade. Busca de um caminho. Eventos culturais. Licenciosidade. Exageros. Lealdade. Nobreza de caráter. Reflexos vivos. Arbitrariedade. Bom senso. Direção. Autoridade. Método. Expansão intelectual. Idealismo. Filosofia. Estética. Política. Ciência e tecnologia. Generosidade. Espiritualidade. Arrogância. Elitista. Hierarquia em geral. Ímpeto voraz. Indignação. Orgulho. Preconceito. Soberba. Exagero. Entusiasmo. Reservas. Densidade. Viagens geográficas ou intelectuais. Progresso econômico e social. Evolução da personalidade. Poder e altivez. Inquietação cultural. Impulsividade. Êxito. Evolução da personalidade.
“Os Astros inclinam, não determinam”.

quarta-feira, 28 de novembro de 2012

O Livro Vermelho de C. G. Jung - leitura


O Grupo de Estudos C. G. Jung tem se reunido de 15 em 15 dias, às quartas-feiras, das 19 às 20:30h para ler e refletir sobre
  O Livro Vermelho – Liber Novus.
Editora Vozes (e uma edição em francês)
Dias: hoje, 28 de novembro e 12 de dezembro (seguida de férias). 
O mergulho nesta obra, muito pessoal e íntima de Jung, tem sido um momento de abertura e oportunidade às profundezas da alma. A coragem e riqueza interior de Jung tem muito a nos mostrar. 
É um caminho único, como deve ser para cada pessoa, em individuação.
O Grupo é aberto ao público.
Casa das Palmeiras, Rua Sorocaba, 800 – Botafogo.
Inf. 2266-6465 / ou 2242-9341
******************************

segunda-feira, 26 de novembro de 2012

Flores do Bem

Flores cultivadas na jardineira de minha janela.
Coroa da Imperatriz, folhagens e outras flores vermelhinhas.
Com a Mãe Natureza, meu Bom Dia !
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

domingo, 25 de novembro de 2012

Noam Chomsky

Importante visita de Noam Chomsky ao território de Gaza
Leiam    www.cartamaior.com.br (ver link aqui no blog)
Impressões de uma visita a Gaza. 
Na Faixa de Gaza, a área de maior densidade populacional do planeta, um milhão e meio de pessoas estão constantemente sujeitas a eventuais e amiúde ferozes e arbitrárias punições, cujo propósito não é senão humilhar e rebaixar a população palestina e ulteriormente garantir tanto o esmagamento das esperanças de um futuro decente quanto a nulidade do vasto apoio internacional para um acordo diplomático que sancione o direito a essas esperanças. O artigo é de Noam Chomsky.
______________
Aproveito para lembrar as palavras de Mahatma Gandhi:
“Enquanto o domínio imposto precisa ajuda das armas para se manter, o domínio gerado pelo amor dispensa o uso da força”.
“Chegará o dia em que aqueles que estão na corrida louca de multiplicar seus bens na vã tentativa de engrandecimento, reavaliarão seus atos, e dirão: “Que fizemos nós?”.
_____________________
Muitas vezes tenho vontade de mudar de Planetas quando fico ciente de tanto desamor ao próximo - ser humano X ser humano em conflitos intermináveis. Desprezo absoluto à violência, invasões covardes, bombardeios e guerras em pleno século XXI. Com pretensa evolução humana presenciamos barbáries que nos chegam em tecnologias avançadíssimas para horror das nações.
O Universo é majestoso. É plenitude. O SOL nos oferece, incondicionalmente, energia e vida para todas as espécies da Terra. Todos, todos, estão convidados a viver felizes e em tranquilidade; externa e internamente. 
A Fonte da Vida é a mesma para todos: judeus e palestinos, americanos e chineses, endinheirados e maltrapilhos, ignorantes e intelectuais, ingênuos e sábios. 
Não percamos a Esperança, lutemos por um Mundo Humano e Fraterno, Solidário e Prazeroso.
Pão, Vinho e Alegria para todos !
martha

sábado, 17 de novembro de 2012

Natureza - flores do bem


[suculenta ...]
Na sacada de minha janela contemplo, na jardineira, minhas amigas; as plantinhas variadas num convívio harmonioso e feliz. Ao longe a paisagem vegetal exuberante e majestosa encanta; acalenta meu coração e repousa meu olhar.
A natureza das plantinhas, vivendo em vasos, é sempre serena, doce e sábia.
[ vaso com alecrim]
Os vegetais suportam; ventos, sol, chuva, noites frias e dias secos. Nada reclamam. Não há discórdias, nem desentendimento, entre elas. Fazem surpresas em flores e frutos; agradecem nossa presença afetiva. Se pedirem terra, devemos dar-lhes, se pedem água, regamos, se pedem presença saibamos entender; é receber sutilezas.
 [coroa da imperatriz - só floresce uma vez por ano em fins de outubro ou início novembro]
As plantas emanam mistério. Só percebe isto quem as aprecia e cuida com zelo e alegria.  
Neste período do ano, com a primavera florindo, os sabiás e os bem-te-vis cantam divinamente.            [ hortelã - pimenta, nem sei o nome certo, ótimo tempero]
 Plantinhas tão queridas. Sim, plantinhas, plantinhas. Amorosas plantinhas.                                                                                                                        
[ na mesma janela vejo a goiabeira florida, no quintal ]
Sem o convívio com a Mãe Natureza eu não poderia viver. / martha.
______________________________________

quarta-feira, 14 de novembro de 2012

Poesia - flores do bem

        Ode aos Animais 
                                                        Martha Pires Ferreira           
Gato ou qualquer animal
doente, requer atenções e cuidados,
pode transmitir doenças.
Sadio, requer atenções e cuidados,
pode transmitir companheirismo e sabedoria. 
Os animais, diferentes dos seres humanos,
não se acham mais inteligentes
nem melhores do que os outros.
Não fazem jogos de poder
ou controle sobre outros animais.
Não são invejosos, donos da verdade,
sarcásticos ou maledicentes.
Não falam mal da vida alheia.
Não são arrogantes,
Nem sofrem de orgulho ou de soberba.
Não acumulam bens materiais,
desconhecem estes tipos de apego.
Nada ostentam.
Buscam alimento para saciar a fome
e abrigo para dormir.
O amor é vivido instintivamente
com beleza e dignidade.
Procriam, cuidam da prole
e a deixam livre diante da Natureza.
Os animais vivem a vida
transmitindo sabedoria.
São mestres da retidão.
___________________         
Escrita em 2004, aqui no blog editada em 2007, agora, com muitas saudades de minhas gatas, reedito   -Mestras em tantos momentos paradoxais e limites, serenos e felizes.  
~~~~~~~~~~~~

        Sobre o absoluto Tao                  
                     Lao Tsé (poeta chinês – cerca de 604 a. C.)

O Tao de que se pode falar
Não é o Tao absoluto.
Os nomes que podem ser dados
Não são nomes absolutos.

O indizível é a origem do Céu e da Terra.
O denominado é a mãe de todas as coisas.

Portanto:
Há quem muitas vezes se dilacere de paixão
Para ver o segredo da vida;
Há quem muitas vezes encara com paixão a vida;

A fim de ver suas formas manifestas.
À ambos podem ser chamados o Mistério do Cosmo.
São da mesma natureza,
A qual se dá diversos nomes
Quando se tornam manifestos.

Ambos podem se chamados o Mistério do Cosmo.
Abarcando o Mistério e o Mistério mais profundo,
Eis a porta do segredo de toda vida.
_____________
O pensamento de Lao Tsé -Tradução da versão alemã - H. Von Glasenapp. 
~~~~~~~~
A subida do monte carmelo
                     João da Cruz
Para vir a gostar de tudo,
Não queiras ter gosto de nada.
Para vir a saber tudo,
Não queiras saber algo em nada.
Para vir a possuir tudo,
Não queiras possuir algo em nada.

Para vir ao que não gostas,
Hás de ir por onde não gostas.
Para vir ao que não sabes,
Hás de ir por onde não sabes.
Para possuir o que não possuis,
Hás de ir por onde não possuis.
Para vir ao que não és,
Hás de ir por onde não és.

Quando reparas em algo,
Deixas de arrojar-te ao todo.
Para vir de todo ao todo,
Hás de deixar-te de todo em tudo.
E quando o venhas de todo a ter,
Hás de te-lo sem nada querer.

Nesta desnudes acha o espírito o seu descanso
          porque não cobiçando nada,
Nada o afadiga para cima e nada oprime
         para baixo porque está no centro
                               da sua humildade.                        
____________________ 
    São João da Cruz  (1542 -1591)
Obras completas - Carmelo de São José – 1946/47, Portugal.
~~~~~~~~~~

sábado, 10 de novembro de 2012

Desenhos líberos !


Desenhos com ecoline – pincel redondo 
martha pires ferreira  
 Desenhar é um ato de liberdade
Qualquer pessoa pode desenhar mesmo quem ainda não foi alfabetizado. O desenho antecede a escrita desde tempos imemoriais. Um simples rabisco pode ser um desenho. 
Basta iniciar e já estará criando com liberdade.
Sem autocensura, críticas ou conceito.
Ser libera!
A linha como traço contínuo ao que se torna visível, alógico, imaginário.
_________________________

segunda-feira, 5 de novembro de 2012

Vazio

Quando se perde seres queridos o silêncio do espírito das profundezas vem à tona, emerge em quietude e contemplação, é presença pura, indizível por ser o vazio. O vazio contem tudo.
postado - martha pires ferreira