segunda-feira, 19 de fevereiro de 2018

Reflexões - 19 de fevereiro !

Formas no espaço - detalhe - narquim e aquarela 
- signo de Aquario, s/d.

Reflexões; a Vida me ama!
A vida se revela a cada instante. Escolhemos instintivamente. Intuo; sigo meu faro. Ou se é livre ou não se é, não existe meio termo. Liberdade é conquista; agir conforme a natureza, vontade própria. Não é licenciosidade leviana, vulgaridade, arrogância gestual, deselegância.
Escolhemos na infância, adolescência, juventude, mocidade, maturidade e idade avançada. A cada etapa sua beleza; aflições, encontros, paixões, perdas, surpresas e frustrações; reencontros e realizações.
A Vida é Bela, é Plena! É Alegria existencial; o fora e o dentro; menos e mais; insignificante e majestoso. O outro. Alteridade. Os mais frágeis, despossuídos, singulares, esquecidos, injustiçados, marginalizados, massacrados, excluídos, eu abraço. Sempre o abraço traz identificação; comunicação, é mais, é comunhão silenciosa. Ah, o silêncio, a interioridade e o vazio que tudo contem! Peregrina, eu me percebo altiva e despojada.
Viagens! Ah, viagens geográficas, intelectuais e espirituais; um todo - Unus Mundi.
A mãe natureza! Irmãs Água e Terra que me alimentam. A presença dos animais, vegetação, flores, montanhas e o mistério secreto das pedras. Fogo que arde matéria e ideias e Ar que respiro nos calcanhares. A Vida, sua grandeza! Cada dia, cada instante é preciosidade! O corpo, este ser matéria física e voraz como energia atômica, se acalma com a idade. O coração se amolda, a espiritualidade e a inteligência se refinam.
Meus amigos, amigas e familiares! Meu Filho; seus encontros, anseios e metas! Meus mestres, autores, preciosos tantos; arte, música, literatura, política, filosofia, sociologia, metafísica, astrologia, ciência, humanidades plurais!
O que espero ou desejo?! Nada. O Tempo me basta. Meu espaço é a Eternidade, Cosmo, Absoluto! Aqui e Agora! Tão longe e tão perto! A Vida é Beleza, mora em mim. O Deus Desconhecido?! Vive em mim.
 --- marth pires ferreira, 19 de fevereiro de 2018.

 ~~~~~~~~~~~~

domingo, 18 de fevereiro de 2018

Revolução Solar - uma visão anual

“Astra inclinant, non necessitant” -
Os astros inclinam, não determinam.

Revolução Solar é o que denominamos quando acontece o Retorno do Sol a posição exata do momento do nascimento – Carta Natal /Horóscopo Natal - tendo como ponto de referência o local onde se passa o aniversário, no caso a cidade, a cada ano. Por tanto uma nova Carta, que acompanhará a transição dos astros por todo um ano. Significado simbólico da Revolução Solar; a visão do todo anual; a análise das possibilidades a serem vividas; desafios, oportunidades, encontros, riscos, saúde, realizações criativas. Pensamento e afeto/sentimento, sensações e percepções sensíveis. O desenvolvimento pessoal em relação com o social e seu entorno; família e trabalho, amigos e amores. É acompanhar o Processo de Individuação de cada ser humano.
Tempo para plantar, tempo para colher. Cada ano uma reavaliação da vida, tendo os ciclos planetários como indicadores sobre o Mapa Natal/Radical.
A Revolução Solar é a expressão anual possível, nada mais que isso.


quinta-feira, 15 de fevereiro de 2018

Nise da Silveira – Artigo 1956 - Feliz Aniversário!



Artigo publicado em 1956.
 – ANÁLISE DAS ATIVIDADES MANUAIS EM DESENHO, PINTURA, GRAVAÇÃO E PIROGRAVURA.

Matéria de Nise da Silveira, psiquiatra do S.N.D.M., publicada no Jornal Brasileiro de Psiquiatria – 1956 - Nº 5 – Instituto de Psiquiatria da Universidade do Brasil – Rio de Janeiro.
Clicar nas páginas para leitura - Caso deseje copiar, citar a fonte. Agradeço (postado, por mim, no Blog da Casa das Palmeiras). Este artigo foi encontrado numa velha biblioteca pública.





– Aqui está à disposição de todos. 
Presente de Nise da Silveira que estaria fazendo aniversário, hoje (15 de fevereiro de 1905), quando veio iluminar o mundo com sua grandeza humana; consciência política, visão filosófica universal sem amarras. Precursora do método multidisciplinar no processo terapêutico dos problemas mentais, com o recurso das atividades manuais. Libertária, sempre criativa!
Presente para todos que amam os trabalhos manuais - mãos sutilmente engendram -

Nise falava com as mais expressivas das mãos! 
Observem as mãos da Grande Dama Nise, em 1993. – exposição na Casa França Brasil.
 ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

terça-feira, 13 de fevereiro de 2018

Carnaval 2018 - Festa do Povo!


Esta jovem, no Arteiro da Glória,  ontem, dia 12, segunda-feira, ficou tão feliz por eu ter tirado uma foto dela que dançou para mim cheia de alegria! Minha homenagem a esta Irmã Desconhecida!







O que sempre gostei no Carnaval é ver este povo despossuído, marginalizado, excluído, ir para a Rua e dizer que a RUA é dele! A Rua é do Povo! As multidões tomam as Ruas, irreverentemente, e, com imensa imaginação artística tudo dominam ao som dos tamborins e vozes do samba e o mais que surgir; música da alma e sangue.
Juntam-se as populações dos morros, favelas e periferias. As elites das mansões misturam-se e aprendem com a turma sambista o que significa ser um só povo, um só coração; sambando, brincando, se divertindo! Não há raças, classes, ideologias, fundamentalismos nem preconceitos. Carnaval é a Festa da Vida, do Povo que se expressa com alegria, protesto e resistência, garra e potência criadora. Dias Dionisíacos nada pode ser censurado; tudo pode. A ordem pública é a mínima em garantia ao bem viver de todos. Cada um dança como quer, em total liberdade!
Vivemos as Festas das Saturnálias romanas que se estenderam às festas de Carnaval derrubando normas sociais. Valério Catulo, o poeta romano, dizia ser “as Saturnálias, o melhor dos dias”. Dedicado ao deus Saturno; a realeza oferecia seus serviços em suas mesas aos escravos e oprimidos; não havia desigualdade nesses dias. É o que o feudalismo e a burguesia da elite opressora, em cada época, deveria ter aprendido; quebrar com a desigualdade.
Gostando ou não do Carnaval, ninguém pode ficar totalmente alheio; o Grito vem mais alto; são os melhores dias do povo oprimido, desqualificado pela turma da pretensa prateleira dos privilégios.
 “LIBERDADE, LIBERDADE, ABRE AS ASAS SOBRE NÓS!”~
Algumas fotos aleatórias do Bloco das Carmelitas,


Céu na Terra às 7h da manhã e 

 Arteiros da Glória - blocos por onde passei e dancei feliz!
Os Arteiros da Glória proporcional uma organização possível, com o cordão, dando às crianças espaços para dançarem.  Viva o Carnaval, esta Bela Festa do Povo!  


~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

segunda-feira, 12 de fevereiro de 2018

Paraíso do Tuiuti - Letra samba-enredo Carnaval 2018


A força do Brasil está na raiz formadora deste povo mestiço Afro que somos, que grita sua real liberdade e direitos humanos. Minha Esperança por um Brasil livre está marcada pela presença deste povo rico em sensibilidade, percepção da realidade, vontade e fibra. Grito de Humanidade!

Paraíso do Tuiuti: veja a letra e ouça o samba-enredo no You Tube - outras mídias - Carnaval 2018
‘Meu Deus, meu Deus, está extinta a escravidão? ’. 
Compositores: Claudio Russo, Moacyr Luz, Dona Zezé, Jurandir e Aníbal.

Irmão de olho claro ou da Guiné
Qual será o valor? Pobre artigo de mercado
Senhor eu não tenho a sua fé, e nem tenho a sua cor
Tenho sangue avermelhado
O mesmo que escorre da ferida
Mostra que a vida se lamenta por nós dois
Mas falta em seu peito um coração
Ao me dar escravidão e um prato de feijão com arroz

Eu fui mandinga, cambinda, haussá
Fui um rei egbá preso na corrente
Sofri nos braços de um capataz
Morri nos canaviais onde se planta gente
Ê calunga! Ê ê calunga!

Preto Velho me contou, Preto Velho me contou
Onde mora a senhora liberdade
Não tem ferro, nem feitor

Amparo do rosário ao negro Benedito
Um grito feito pele de tambor
Deu no noticiário, com lágrimas escrito
Um rito, uma luta, um homem de cor
E assim, quando a lei foi assinada
Uma lua atordoada assistiu fogos no céu
Áurea feito o ouro da bandeira
Fui rezar na cachoeira contra bondade cruel

Meu Deus! Meu Deus!
Se eu chorar não leve a mal
Pela luz do candeeiro
Liberte o cativeiro social
Não sou escravo de nenhum senhor
Meu Paraíso é meu bastião
Meu Tuiuti o quilombo da favela
É sentinela da libertação
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

domingo, 11 de fevereiro de 2018

A ELITE DO ATRASO da Escravidão à Lava Jato - de Jessé Souza



Na nova Livraria Leonardo da Vinci, no coração da cidade, dia 29 de janeiro, eu comprei uma obra extraordinária – A ELITE DO ATRASO da Escravidão à Lava Jato - de JESSÉ SOUZA - LeYa, 2017. O autor, Doutor em Sociologia, numa linguagem leve, simples, sem jargão acadêmico, toca pontualmente em questões básicas da realidade Brasil – um país saqueado e sem rumo.
“Como ninguém escolhe o berço onde nasce, é a sociedade que deve se responsabilizar pelas classes que foram esquecidas e abandonadas” pag. 89.
Numa entrevista, internet, li o quanto ele se expressa corajosamente: “Não tenho nem quero ter a “politesse” de classe de grande parte da elite intelectual a mesma que sempre se uniu aos interesses dos poderosos. Minhas palavras são duras e secas, porque acredito, com Graciliano Ramos, que é a verdade também é dura e seca”.
Mais – “(...) a classe média letrada só agora começa a perceber que deu um tiro no pé apoiando o golpe do ‘sindicato de ladrões’ para acabar com a corrupção”, pag. 138.
Este livro é obra prima. O final é estarrecedor.  Caso ache difícil leia o início, passe pelas páginas 138 a 141 e mergulhe no final – Corrupção Real e a Corrupção dos Tolos - páginas 181 a 209.
Saúde para não desmaiar. Sabe o que vai acontecer? Vontade de ler, cuidadosamente, e refletir sobre todo o livro.
 Jessé Souza pessoa com quem estou me identificando, puro Amor intelectual.
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

quinta-feira, 8 de fevereiro de 2018

Meditação disciplina a mente e eleva o coração sensível

Em Setembro do 2010 postei aqui no Blog esta matéria - Meditação.

Importante saber Meditar. 
Em tempos de tranquilidade, de harmonia ou de inquietação, de conflitos à nossa volta, e mesmo diante de tanta incerteza/impermanência num mundo em transições profundas como tudo o que estamos vivendo no nosso planeta Terra, meditar, nos interiorizar em estado contemplativo, é chegar a um horizonte apaziguador. 
Meditar é tesouro para a natureza humana.

Como meditar?
Procure local de silêncio, de preferência no quarto, recanto da sala ou outro que possibilite um tempo de recolhimento. Necessário dispor de 15’ a 20’ para internamente se aquietar em estado de contemplação. Podendo iniciar com 10’ e depois passar para 15’. Meditar pela manhã, e podendo, novamente, à tardinha.
Sentar-se com as costas eretas para melhor circulação sanguínea. Manter-se quieta/o, com os músculos soltos, relaxados, os olhos ligeiramente fechados ou fechados, como preferir. A mente alerta, atenta. Respiração suave, abdominal, constante no observar; inspirando e expirando. Quando já estamos experientes podemos meditar em qualquer lugar, mesmo caminhando, em plena atenção interna.

Recomenda-se, é aconselhável para iniciantes, para que a interiorização se faça da melhor maneira que se escolha uma palavra/frase curta; sagrada como oração e a repetição desta palavra enquanto se inspira e expira, num ritmo natural. A palavra deve ser repetida internamente em silêncio, desta forma afastará os pensamentos que atrapalham e invadem a mente; ajudará na concentração e no afastamento das múltiplas dispersões. A mente ficará mais serena na medida em que se esvazia dos pensamentos. Manter sempre atenta à respiração pousada.
Palavras recomendadas da tradição cristã: Vem, Senhor, Veni Domini, Maranatha (do aramaico - São João, Apocalipse 22;20), Lumen Christi, Agnus Dei (Codeiro de Deus). O som oriental Om é bem acolhido. Cada pessoa poderá encontrar uma palavra que sinta, afetivamente, mais à vontade. Caso distrações aconteçam com pensamentos ou inquietações voltar à melhor postura física, à respiração tranquila e à palavra escolhida.
Na tradição ZEN basta a respiração sem palavras; silêncio interno em plena atenção. O mesmo na cultura Vedanta; inspirar e expirar.
Meditando cada dia com regularidade percebe-se um fortalecer na saúde, harmonia nas emoções, enriquecimento das funções intelectuais, mentais, mais doçura no coração sensível. Nada de esperar resultados, tudo ocorrerá naturalmente com o tempo em razão da prática continuada. Importante é o estado contemplativo, a quietude interior.
A meditação contemplativa nos surpreende quando nada esperamos, ilumina nossa alma nos conduzindo a níveis de vida mais depurados.
O silêncio interior é o ouro dos alquimistas.
 
Direção espiritual e meditação, Ed. Vozes, Petrópolis, 1962
Thomas Merton.
“A meditação é para os que não se satisfazem com um conhecimento meramente objetivo e conceitual em relação à vida, em relação a Deus – em relação a realidades de primeira importância. Querem entrar em contato íntimo com a própria verdade, com Deus. Querem experimentar as mais profundas realidades da vida, vivendo-a”.

Não nos esqueçamos, jamais, de que o fecundo silêncio em que as palavras perdem seu poder de expansão, e os conceitos nos escapam, é, talvez, a mais perfeita meditação” (...) “ devemos regozijar-nos e repousar na noite luminosa da fé. Esse é um degrau mais alto de oração”. “A finalidade última da meditação deve ser uma comunhão mais íntima com Deus, não só no futuro, mas também aqui e agora”. E termina este livro dizendo: “Santa Teresa de Ávila acreditava ser impossível a alguém que se mantivesse fiel à prática da meditação vir a perder a sua alma”.

domingo, 4 de fevereiro de 2018

Afeto catalisador – Ocupação Nise da Silveira (2017)

Riquezas de Artur da Távola

Artur da Távola  – homem precioso e refinado

Coisas que a vida ensina depois dos 40

Amor não se implora, não se pede, não se espera... Amor se vive, ou não.
Ciúmes é um sentimento inútil. Não torna ninguém fiel a você.
Animais são anjos disfarçados, mandados à terra por Deus para mostrar ao homem o que é fidelidade.
Crianças aprendem com aquilo que você faz, não com o que você diz.
As pessoas que falam dos outros pra você, vão falar de você para os outros.
Perdoar e esquecer nos torna mais jovens.
Água é um santo remédio.
Deus inventou o choro para o homem não explodir.
Ausência de regras é uma regra que depende do bom senso.
Não existe comida ruim, existe comida mal temperada.
A criatividade caminha junto com a falta de grana.
Ser autêntico é a melhor e única forma de agradar.
Amigos de verdade nunca te abandonam.
O carinho é a melhor arma contra o ódio.
As diferenças tornam a vida mais bonita e colorida.
Há poesia em toda a criação divina.
Deus é o maior poeta de todos os tempos.
A música é a sobremesa da vida.
Acreditar, não faz de ninguém um tolo. Tolo é quem mente.
Filhos são presentes raros.
De tudo, o que fica é o seu nome e as lembranças acerca de suas ações.
Obrigado, desculpa, por favor, são palavras mágicas, chaves que abrem portas para uma vida melhor.
O amor... Ah, o amor...
O amor quebra barreiras, une facções, destrói preconceitos, cura doenças...
Não há vida decente sem amor!
E é certo, quem ama, é muito amado.
E vive a vida mais alegremente...

© Artur da Távola - 1936/2008

Conheci Artur em casa de Nise da Silveira onde, juntos, líamos Jung no Grupo de Estudos. Ficamos amigos. Fiz o Mapa Natal dele. Um dia me escreveu linda cartinha sobre minha leitura. Saudades!

quarta-feira, 31 de janeiro de 2018

Nossa obediência ao mercado nacional e internacional

Reflexões – Flores do Bem! 

Somos todos obedientes e submissos aos escravocratas e racistas culturalistas. O que mudou em nível civilizatório desde o nascimento da história do Brasil? Que avanços? Apenas a paisagem; agora são bairros e condomínios burgueses e favelas. A desigualdade desconhece alteridade. A corrupção dos poderosos se mantem, hoje, controlando a vida e o mercado, com a mestria de sempre. O interesse público (Estado, não o único corrupto) em favor dos particulares poderosos nacionais e estrangeiros.
Para se entender um pouco mais sobre o Brasil e sua complexidade bom que se leia e releia Machado de Assis (costumes) e, em especial, Gilberto Freire – Casa-grande e senzala, Sobrados e mucambos (valores).
É hora de sambar! Viva o Povo brasileiro!

A Vida é Bela e Absoluta! 
Minha ironia humana erasmiana; O elogio da loucura! 
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

domingo, 28 de janeiro de 2018

Advocacia ? Condenação por suposição? Delação sem provas?


          Ouvíamos na Faculdade de Direito, UEG/UERJ, nos anos 60, o grande jurista, criminalista, Prof. Dr. Roberto Lyra se referindo ao Direito:
Falsi teste pejores sunt latronis
 [as falsas testemunhas são piores que os ladrões].

Libra - símbolo da justiça - Catedral de Chartre.

Publicado aqui no Caderno Aquariano
Advocacia - 10/10.2012
O que está acontecendo com a Advocacia?
Como já circula nas mídias... nem eu, de longe, pretendo defender a corrupção de políticos.
          É do princípio do Direito, aprendi enquanto estudante na UEG/UERJ, anos sessenta (antiga Guanabara), com meu pai que só exerceu na vida a profissão liberal de advocacia, eu mesma trabalhando por pouco tempo nesta área, como cidadã que acompanha a política, aprendi a pontual importância da necessidade de provas reais, contundentes, no caso de se querer privar uma pessoa de seus atos ou de sua liberdade.
            Ninguém pode julgar por pressuposições. A Lei exige provas. Se não há provas, não há crime. Se há crime temos que ter as provas nos autos. A justiça assegurada por lei exige a se ater com rigor aos autos.
           Julgamento não é teatro e muito menos chacina judicial. Perplexos assistimos a um julgamento político e de exceção. Vergonha para a história e historicidade do Brasil. Ou existe Direito ou não existe Direito. Não existe: “eu pressuponho que”. Existem são fatos que se apresentam nos autos para um julgamento de honra e grandeza moral assegurada pela Constituição.
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
A Vida é Bela e Plena ! NÃO voltaremos a ser Colônia.
 Desobediência Civil.

sábado, 27 de janeiro de 2018

Reflexões em tempo de Trevas

     Sim, sou um ser vivido, tenho visão ampla em muitas direções aquarianamente vividas.
      A Vida é Bela e Plena ! - digo isto por convicção.
   Busco rota de pensamento diante desse ignominioso julgamento, dia 24, último - Espetáculo Teatral de Porto Alegre. Eu repito o que sempre disse: ‘o ser humano flui no perigo de cair entre dois perigos que o cercam; o abismo da superstição e o do racionalismo’.
      O Brasil e o mundo perplexos assistiram o peso do chumbo saturnino, com a frieza do racionalismo, pontuando o julgamento e a sentença do maior estadista do Brasil séc. XXI; operário mecânico e Ex-presidente da República; Luiz Inácio Lula da Silva – condenado sem provas legais de direito, em cartas marcadas por suposições, indício e o “disse e me disse de maricotas” dos corredores da advocacia.
      Recomendo por questões culturais, e, de se ter mais embasamento nas questões de ciência política e de direito, ler Max Weber (1864-1920); visão ampla contemporânea – sociologia, filosofia, religião, economia, administração e mais.
      A ditadura midiática é perversa, e, o público se mantem numa ignorância crassa, não percebe o quanto é escravocrata de um sistema político-econômico, totalmente, manipulado pelas multinacionais, pelo capitalismo selvagem das megas corporações, de baixa política de fundo de quintal.
      As Artes, a Afetuosidade, a Generosidade, a Espiritualidade voltada para o bem comum sem exclusões moralistas, o Respeito pelas diferenças nos salvam.
        A Vida é Bela e Plena!
               -- Manhã, Santa Teresa, 27 de janeiro de 2018 – martha pires ferreira.
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~