Páginas

sábado, 27 de setembro de 2014

Itens para um governo feliz

                      

    Itens para um governo feliz: 
- Soberania nacional com democracia.
- Progresso com justiça; direitos humanos e inclusão social.
- Educação e Cultura.
- Reforma política e tributária.
- Imposto para grandes fortunas.
- Banco Central governo /autonomia operacional.
- Moradia, saúde e transporte com dignidade.
- Política de mobilidade urbana.
- Agricultura familiar e preservação da natureza.
- Reforma agrária.
- Abaixo ditadura midiática e privatizações.
- Petrobras, Banco do Brasil, Caixa Econômica, Correio,
  Reservas do solo - patrimônio do povo - Brasil.
- Relações Diplomáticas - direitos internacionais
- Oportunidade de direitos para todos.
- Menos ganância e mais distribuição de renda.
- Valorização salarial.
- Respeito às liberdades raciais, sexuais e religiosas.
- Respeito e afeto ao próximo como a si mesmo.
- Divertimento, arte, música, esporte e alegria.
~~~~~~~~~~~~~~
Tenho 75 anos. Vivi intensa todos os momentos históricos deste Brasil querido e sofrido. Com todos os erros do PT (são tristes), nada se compara aos avanços em todas as áreas; sociais / populares, nestes últimos anos.
Precisamos preservar a Mãe Natureza e mais igualdade social entre todos os brasileiros/nossos irmãos.
Voto Dilma 13 para presidente //
O mais voto no PSOL.
~~~~~~~~~~~~~~~~~~

quinta-feira, 25 de setembro de 2014

Signo de Libra - Primavera / hemisfério sul

ChartreSelo franco-árabe


Libra - iluminura medieval

 Libra - gravura alemã -1624.

A Astrologia é linguagem simbólica
Libra pertence ao elemento Ar - Analogia com Vênus – Masculino, cardinal.
Libra é 7º signo do Zodíaco.
(de 22-23-24/set. a 22,23,24/out. - dependendo da latitude e longitude de nascimento)
Características agradáveis ou desagradáveis deste signo:

Laços, vínculos, uniões. Casamento. Contratos. Sociabilidade. Coletividade. Identificação com o outro. Obstinação. Dependência. Busca de harmonia. Intermediador. Sede de equilíbrio e justiça social. Temor diante da verdade. Omissão. Desequilíbrio interno. Vacilação. Indecisão. Indefinição. Sedução. Gosto exagerado pelo conforto. Luxo. Reuniões sociais. Cooperação. Influenciável. Superficialidade. Bajulação. Vaidade. Frieza emocional. Escapismo. Insensibilidade e indiferença. Cálculo. Racionalização. Escapismo. Oposição a si mesmo. Omissão. Inimizades públicas, declaradas. Senso estético depurado. Gosto pelas Artes; música, beleza, ritmo. Refinamento. Elegância. Delicadeza. Idealismo. Espiritualidade.

Várias representações de Venus - Grécia
 - Museus de Berlin e do Louvre.
Venus e Adonis - Veronese


Venus de Rafael

Venus e Vulcano -Tintoretto

sábado, 20 de setembro de 2014

Performance - O Bonde

Cartas a Spinoza obra de Nise da Silveira

GRUPO DE ESTUDOS C. G. JUNG

Leitura e reflexões

Cartas a Spinoza
de
Nise da Silveira

Início: 24 de setembro de 2014
8 e 22 de outubro...

Às quartas-feiras de 15 em 15 dias~

Das 19h às 20h30.


Local:
CASA DAS PALMEIRAS

Local: Rua Sorocaba, 800 – Botafogo

Inf.: Tel. 2266-6465 (das 13h às 17h) / 2242-9341

O GRUPO DE ESTUDOS É GRATUITO                                
Bem vindos os artistas, filósofos, psicólogos, pensadores livres,  cientistas, antropólogos, sociólogos e/ou qualquer pessoa que desejar ler, estudar e/ou conhecer, as obras de C.G. Jung e Nise da Silveira.
~~~~~~~~~~~~~~~~~

sexta-feira, 12 de setembro de 2014

Nise da Silveira - três momentos

Palestra na AARJ
Associação de Arteterapia do Rio de Janeiro
Dia 18 de setembro- quinta-feira às 18h.
 / Abordarei sobre Nise da Silveira em três momentos:
 - Breve caminhada biográfica.
 - Aprendizado ao lado de Nise por muitos anos.
 - O que absorvi de sua metodologia terapêutica. Um caso como exemplo / imagens em DVD. 
Atenção: Inscrições Antecipadas - (21) 2295-7659 / 20 vagas.
Local: Rua Fernandes Guimarães 75, casa 2 - Botafogo, RJ.
Associados R$ 20,00 / não associados R$ 25, 00.


domingo, 7 de setembro de 2014

Nossa Livraria Leonardo da Vinci - joia maior





 Nossa Livraria Leonardo da Vinci - 
joia maior





    A maravilhosa Universidade Livre que é a Livraria Leonardo da Vinci, no coração da cidade do Rio de Janeiro, em plena Av. Rio Branco 185, cheia de prédios, ônibus, metrô, carros e pernas, nos impulsiona, amantes desta Livraria, descer a espiral - subsolo do Ed. Marques do Herval, e, mergulhar em seu amplo espaço repleto de livros. Percorrer as estantes, saboreando obras preciosas nos mais inusitados assuntos e autores. Um instante de conversa com a sábia Dona Vanna e sua filha Milena Piraccini Duchiade, solicitas, instigantes e atentas a tudo. Cumprimentar os fiéis funcionários que prontamente nos atendem com sorriso amigo e acolhedor nos ajudando a garimpar nossos desejos e raridades. 
       Ali, nossa querida Dona Vanna, Giovanna Piraccini, permitia que eu, ainda bem jovem, ficasse lendo, folheando, apreciando as obras literárias ou de arte que nem sempre podia comprar. Sentada confortável nas cadeiras de couro, antes do incêndio criminoso de 1973, e agora, nas laranjinhas, igualmente confortáveis do séc. XXI - setembro de 2014 - estou em casa. Tranquilo e deleite, com música ao fundo, é este espaço de cultura. Nunca se curvou a big business, permanece joia maior.
       Parece sonho, mas é real, a Livraria Leonardo da Vinci jamais deixou de me fascinar.  Os livros me atraindo e eu sendo atraída por tudo. Apreciando no canto dos olhos intelectuais, músicos, cantor de ópera, poetas, filósofos, acadêmicos ou artistas plásticos percorrendo estantes, comprando, conversando baixinho com nossa Dona Vanna, com outros habituais, e, saindo. Impossível citar o público chegando de todos os estados do Brasil e mesmo os frequentadores estrangeiros. Um mundo inconcebível na minha formação cultural. Ali mesmo me apaixonei mais ainda pelos saberes múltiplos. Completava exemplo de casa, escola e universidade. Para mim um modelo de vida que permanece; um núcleo de conhecimento. Repito, a Livraria da Vinci é uma Universidade Livre.
       A intelectual mais próxima de mim a frequentar a Livraria com assiduidade, com boa dose de paixão, foi a humanista e psiquiatra Nise da Silveira que sempre aos sábados surgia em companhia da artista plástica Marlene Hore ou do amigo Marcos Moreira.
       Delicioso foi saber por Dona Vanna que o sofá, no canto de um dos espaços da Livraria chama-se Sofá do Drummond, por ser onde ele, o poeta Carlos Drummond de Andrade, dava suas entrevistas para poupar sua casa e se preservar. Fotografei feliz com uma criança espantada.
      Nossa doce e amada Livraria Leonardo da Vinci um beijão afetuoso - história viva e inigualável que se mantém atuante no coração da cidade do Rio de Janeiro, Brasil.
       Conhecer a da Vinci é alegria vital.                                   
Acima o Sofá de Drummond





        Martha Pires Ferreira, uma andarilha irresistível em mergulhos profundo, rabiscos, leituras e silêncios ~~~~~