Páginas

domingo, 27 de março de 2016

Cristo vence a morte, Ressuscitou!

Cristo Ressuscitou!
"A fé na ressurreição pode e deve transformar nossa vida aqui e agora: o engajamento incondicional nessa vida única, aqui e agora, pode e deve ser motivado e confortado por um senso último da vida e da morte, como testemunham incontáveis exemplos. E, no entanto, a fé na ressurreição não se reduz a uma simples interiorização existencial ou a uma transformação social, mas ela é uma radicalização da fé no Deus criador: a ressurreição significa a vitória real sobre a morte, vitória que devemos a Deus, de quem o fiel espera tudo, aí compreendida a realidade última, a vitória sobre a morte. O fim que é um novo começo! Aquele que começa seu Credo afirmando sua fé em Deus, "o Criador todo-poderoso" pode, portanto, concluí-lo tranquilamente afirmando sua fé na "vida eterna", que é o próprio Deus. Pois assim como Deus é o Alfa, é também o Ômega! O Criador todo-poderoso, que convida do nada ao ser, pode convidar, também, à vida após a morte”.
Hans Küng, Credo – La Confession de Foi des Apôtres Expliquée aux Hommes D'Aujourd'Hui. Éditions du Seuil, Paris, 1996.
Fonte / Blog do Círculo Gregório de Nissa - 

João 20; 1,18.
"Maria" "Rabuni!"(mestre!)

Mateus 20;1,10. // Marcos 16;18. //  Lucas 24;1,12
Ele não está aqui, Ressuscitou!
------------------------------

Nenhum comentário: