Páginas

sexta-feira, 1 de maio de 2015

Livros e devaneios meus

          Ler é uma obsessão. Ler é tanto prazer quanto desenhar, criar algo novo que surge das entranhas,  caminhar junto à natureza mãe, meditar, contemplar o firmamento. Ouvir música e/ou estar com pessoas que amo e mesmo entre as que me estranham.
                                             Estando estar.
       Estes dias leio Simone Weil - sua obra/ pensamientos desordenados - edit. trotta. Intelectual refinada e mística essencialmente humana ao tocar/ser tocada pelo incognoscível.
          E ando pensando em Erasmo de Rotterdam, ao me indagar, ao lado de alguns, se não estamos a caminho do fim da geografia, ao assistirmos os espetáculos atritantes dos povos; fricção cruenta entre Oriente e Ocidente. Calada, em agonia, acompanho o percurso dos astros sinalizando caminhos possíveis no seio da humanidade, no coração da história. 
                                                                                                      Devaneios meus ...

Nenhum comentário: