Páginas

sábado, 30 de maio de 2015

Livraria Leonardo da Vinci uma Universidade Livre

              Ontem, 29 de maio de 2015
           Os amantes dos livros veneram a Livraria Leonardo da Vinci - uma Universidade Livre. Ela é nossa, pertence ao patrimônio cultural desta cidade. Ela nos pertence e a queremos plena, com as portas abertas. Atuante.
          Por ela circularam e circulam pessoas as mais plurais; pessoas comuns e simples, estudantes e intelectuais sofisticados, sedentos de leitura, conhecimento e sabedoria. Av. Rio Branco 185, coração do Rio de Janeiro, permanece espaço nobre de referência cultural. Muitas das mais raras, preciosas e variadas obras editadas no Brasil e no exterior passaram e passam pela Da Vinci.
         
        Ah, como é prazeroso um instante de conversa com a sábia e culta senhora, tão querida, Dona Vanna/Giovanna Piraccini, e, ser atendida com todas as atenções por sua filha Milena, que herdou da mãe a sede dos saberes tantos!. Todos sempre solícitos a nos orientar prontamente, com sorriso e postura acolhedora nos ajudando a garimpar e encontrar as raridades desejadas. 
         Dona Vanna diz sempre que podemos ficar sentadas/os e lendo o que desejarmos. Por anos fiquei ali absorta nos livros, e, ainda hoje. Quanta grandeza, quanta generosidade! Bem jovem estudei História das Artes e manuseei raridades dentro desta Livraria, já que não podia comprar tudo que desejasse; da Antiguidade ao Contemporâneo.
         Como Marx, devemos proferir o pronome adequado:
“Nossa amada Leonardo da Vinci é Vida, Vive!”.
      Que possamos por muitos anos, como estas jovens mulheres, frequentarmos e sentarmos silenciosas no Sofá de Carlos Drummond de Andrade, onde ele dava suas entrevistas para poupar sua casa e se preservar.
A Livraria Leonardo da Vinci é nossa Biblioteca.

Nenhum comentário: