domingo, 2 de maio de 2010

Desenhos

Desenhar é um ato de liberdade

Desenho sobre envelope / bico de pena, selo e aquarela, 2004
Coleção - Enrica Bernardeli

Desenho sobre envelope / bico de pena, selos e aquarela, 2007.
Misteriosamente desaparecido, em circulação, fora do ateliê, 2008.
martha pires ferreira
_________________________________

3 comentários:

Klaus, um afortunado disse...

Querida Martha,

cá estou eu lendo seu "Metáfora dos Astros", ainda bem no comecinho e já amando, quando me deparo com uma revelação perturbarora:

a frase que me fez amar Leibniz então é de Nicolau de Cusa?

Até escrevi para minha professora para entender como há esse erro de apropriação intelectual.

Aproveito para lhe convidar a conhecer meu blog sobre filosofia e Amor - http://www.afilosofiamor.com.br - será um prazer lhe receber por lá.

Participarás de algum evento próximo para eu poder lhe pedir autógrafo no livro?

fraternalmente,

Klaus

martha disse...

Klaus,
Visitarei sua página em tempo.
Nicolau de Cusa se referia a Deus em sua concepção cosmológica (obra Douta Ignorância), ele leu Marcus Manilius sem dúvida.
Pocure ler a Visão de Deus de N. de Cusa - Fundação Calouste Gulbenkian
Nào participarei de nada por enquanto, mas tudo pode acantecer qdo o Cósmo engendra
Abraço afetuoso, martha

Klaus, um afortunado disse...

Obrigado pelo retorno e obrigado por ter nos legado este maravilhoso livro que é o "Metáfora dos Astros" - Aspectos.

Estudo astrologia por conta própria há uns 4, quase 5 anos, ano passado fiz alguns cursos com o Zé Maria e tenho devorado ampla literatura - Martin Schulman; Liz Greene; D.Rudhyar; Puiggros; Sasportas; S. Arroyo; entre tantos outros.

E confesso que seu estilo só me fez me apaixonar ainda mais por esta divina ciência humana, este logos astral, pois desde garoto amo mitologia e há uns anos psicologia junguiana.

tashi delek, mestre, fraternalmente,

Klaus