Páginas

segunda-feira, 8 de março de 2010

Hoje, 8 março, dedicado à Mulher.

Viva o dia da pessoa humana – Mulher!
Dia de se cantar, dançar, sorrir, abraçar e amar em plenitude. Liberdade de ser mulher!

Mulheres mal resolvidas aproveitam o dia 8 de março para escrever coisas tolas contra os homens.

Perdoem - me, não sou a única! Cresci, aprendi e muito, muito, evolui no convívio com Homens afetuosos, cultos e inteligentes.
Tive a sorte de encontrar e conhecer homens que amam as mulheres. Animus que elevam a mulher, que as quer mais cultas e eficientes no meio profissional.

Devo muito do que sou a algumas Mulheres como minha mãe, Henriqueta, a Dra. Alice Marques dos Santos, a Dra. Nise da Silveira e tantas outras educadoras e preciosas amigas. Entretanto, igualmente, sou feliz pelos grandes Homens que passaram por minha vida; desde meu pai, artistas, intelectuais e tantos outros que conheci. Em especial aos que amei e me amaram, profundamente - os quais permanecem presentes em meu coração feminino.

Ah, os homens lobos malvados, bicho papão, cruéis!
Ah, as mulheres interesseiras, fúteis, raposas de galinheiro!

Viva os homens que nasceram das mulheres! Viva a alteridade!
Viva as mulheres sensuais, amorosas e geradoras de potencialidade criadora!

Viva as grandes mulheres que por nobreza de espírito, evolução cultural e sensibilidade afetiva estão cada dia mais ensinando/sinalizando aos homens a serem cada vez melhores e mais harmoniosos como pessoa humana!
Viva a Vida que nos permitiu nascermos, e no mistério dos opostos, nos enriquecermos umas para com os outros – feminino - masculino!
Mulheres e Homens realizando, lado a lado, o mundo que se quer justo, fraterno, generoso e manifesto de humanidade e felicidade.

Viva o dia de hoje, 8 de março! Viva a mulher, desde a mais desqualificada e esquecida a mais realizada e libertária!
_______________________________

3 comentários:

Renata Lins disse...

Lindo Marthinha! Go get them!!!!

denise senra disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
denise disse...

Martha querida,
lindo seu texto.
Quanta exuberância ao falar da mulher.
Seu texto e de uma integridade, caráter, absolutos!
Parabéns.
A parte que vc fala dos seus amores, nossa, um luxo só!
Vc é estonteante, Martha querida!
beijos
denise

volto outra hora para comentar o texto, que gostei muito, sobre a nossa querida Dra. Nise.