domingo, 9 de dezembro de 2007

Delírios meus / Utopias


As esquerdas sofrem o massacre das políticas show mídia do capitalismo selvagem. Há muito não tenho fé nos caminhos das esquerdas/como encaminhavam seus projetos/seus olhares para o futuro da humanidade. Nem por isso deixei de observar o aparente triunfo do $$$$ nas mãos de poucos. O capitalismo brilha, descendo as escadas. Quanto mais brilha, mais seduz e ilude em artifícios. Consumimos o inconsumível ! Globalizados perdemos a direção ! Paradoxalmente tudo é precisão matemática na ordem do universo.
O ano 2008 está aí, o céu sinaliza; que os mortais saibam ler o que está escrito nas estrelas. Em 2010 teremos o ciclo de 164 anos da descoberta do senhor da águas, Netuno (1846). O ano de 2012 marcará o retorno de Netuno data da publicação do revolucionário e atualíssimo Manifesto Comunista (1848). Luzes de realidade objetiva no fim do corredor! Marx e Engels estarão em alta..... Estes dois homens, e tantos outros, juntos pensavam a História e Marx corajosamente registrou como a burguesia do séc. XIX produzia seus próprios coveiros. Os ciclos são longos em contínua precisão. O feudalismo tem suas cordas de palha no passado tão bem traçadas que perduram até hoje, oriente/ocidente fantasiado de burguesia. O senhor feudal e o senhor burguês são peças do mesmo jogo de dominação e injustiça, de exploração e imbecilidade intelectual.

O livro mais lido nestes próximos anos será o MANIFESTO COMUNISTA. Irmãos, uni-vos!

Teremos os planetas Plutão/Capricórnio, Netuno/Aquário e Urano/Peixes nos três últimos Signos do Zodíaco - quando isto se deu? Perdemos no Tempo-Espaço. Júpiter percorrerá os signos de Capricórnio/ Aquário/ Peixes apontando direções velozes. Saturno/Virgem eliminará excessos. A TERRA há de gemer e estremecer; todos estarão no mesmo barco. Os donos do mundo terão que colocar suas cartas nas mesas, serão forçados a conversar nas diferenças. Árvore podre tem raízes podres. Nova ceiva será necessária. O mundo ficou pequeno numa sala circular onde cada um verá o outro frente a frente. Não haverá outra saída e estamos percebendo isto.
O conceito de propriedade terá que ser repensado, mesmo os modelos rígidos de Marx - consciência de que todo cidadão/ã do planeta merece moradia digna. No bojo da sociedade alienada irromperá uma revolução aberta - social e artístico-criativa - sem derrubada ostensiva, mas processo natural do direito de pensar, morar, trabalhar, se divertir, viver e possuir todas as riquezas deste universo em tecnologias e bem estar geral.
Todos juntos viveremos com perplexidade os estragos feitos para com a Natureza Mãe. Entretanto a Natureza é sábia, nos ensinará mais uma vez a sua potência e a sua imperiosa majestade. O ciclo de Júpiter de 2008 a 2020 será a grandeza do Senhor do Olímpo ordenando, simbolicamente, renovados princípios; cuspindo seu fogo criador por um mundo mais, justo, ético, humano, culto e consciente. Delírios meus. Utopias.
(MPF, Advento de 2007)

Um comentário:

Lúcio Massafferri Salles disse...

Na cultura das aparências,narcisistas de um espelho embaçado...procuram amor no dinheiro,sem saber que ele- amor-estava ao seu lado...


Beijo e força sempre!