Páginas

quarta-feira, 19 de abril de 2017

Afetuosidade de Jesus para com a Humanidade

          Jesus de Nazaré, o Cristo, Ícone de humanidade - sentava-se para refeições com os estropiados, marginalizados, deserdados, degredados, injustiçados, miseráveis e despossuídos, da mesma forma com profunda compaixão, acolhia elites favorecidas de bens materiais. Não foi, jamais, um imbecil excludente.
      E afirmo - atemporal - sentou-se com os POVOS INDÍGENAS de todos os recantos da nossa Terra comum. Ninguém é dono do Planeta Terra. Ao morrer cada ser vivo vira pó, mesmo sendo cremado vira pó. Basta de ganâncias! - “Vaidade das Vaidades, tudo é Vaidade!” (Ec. 12.8). 
Bodas de Caná (Jo, 2 1-11) pintura - Quentin Varin - 1570-1637.

Nenhum comentário: