Páginas

terça-feira, 17 de novembro de 2015

Ciclos planetários, uma reflexão.

     
          Para onde caminha a Humanidade? As causas não estão nos astros, mas pautadas na ganância dos bípedes pelados, que somos nós habitantes deste planeta Terra. Nossa amada Minas Gerais num lamaçal inconcebível; destruída no meio ambiente e humanamente. Paris e o mundo perplexo gemem e divididos clamam ódio ou em desespero desejam uma saída diplomática.
          Olhem o Firmamento e as configurações dos ciclos planetários de 24/set./1984...e seguintes 1985/ 1986...Com o coração contido venho há anos observando os Mapas Natais/ vários países/ o comportamento dos jovens sem levar em conta a hora, local ou nação; apenas acompanhando os CICLOS PLANETÁRIOS.
          Quem segurará a potência desta geração e seguinte? Os adultos em seus podres poderes $$$$ dormem na cadeira de pedra de Cronus/Saturno (antes de perder seu poder, de tornar-se um velho sábio). Capricórnio, que rege os joelhos, está com Plutão transitando por este signo, 13º39’, exigindo que todos ajoelhem, dobrem as pernas, se curvem. A Mitologia mostra os horizontes. Tudo está escrito nas Estrelas. São recados do Criador para a Criatura.

          Aqui um Mapa Natal – um Horóscopo – com hora aleatória, eventualmente, Paris. Poderia ser uma cidade qualquer. Importa aqui, e aponto, são as configurações de 8/jan./1986, um stelium – signos, planetas, aspectos e os quatro elementos básicos da Mãe Natureza. Observar os ciclos planetários desta época até nossos dias, sem preocupações com a hora. Olhar o céu, simplesmente. O exercício de depuração cabe a cada um de nós em solidariedade com o coletivo, com toda a humanidade.
 
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Nenhum comentário: