Páginas

terça-feira, 1 de novembro de 2016

Festa de Todos os Santos


Todos os Santos
Hoje, 1 de novembro, Festa de Todos os Santos. 
          O Templo de Agripa foi consagrado no tempo do imperador Augusto a todos os deuses do paganismo e por esse motivo denominado Panteão dos deuses. No ano de 610 foram transladados para lá todos os ossos dos mártires sendo esta a nova Basílica dedicada aos Mártires e à Virgem Santíssima. Somente em 835, por Gregório VIII, o dia 1 de novembro foi fixado como o de Todos os Santos num majestoso cortejo colocando todos debaixo dos olhos a admirável visão dos Céus; a visão dos doze mil inscritos de cada tribo de Israel e da multidão sem conta, procedente de todos os povos e línguas, todos de pé diante do Cordeiro. O simbolismo deste dia de Todos os Santos é de significado profundo pelo sentido de perenidade, de presença do divino, dos bem-aventurados. Remete ao Arquétipo da totalidade.
          Minha formação religiosa é católica. Sou cristã (Jesus de Nazaré / Teilhard de Chardin -Thomas Merton), existencialista (Kierkegaard), zen (D. Suzuki) - ecumênica por essência. Não estando presa a ritos. Assim como o Sol nasce para todos, a Fonte da Vida é a mesma para toda a Natureza, para toda a Criação, alimentando a todos igualitariamente, sem exclusões. Vivemos na Terra, nossa casa comum. Bebemos da mesma Fonte, a qual nossa inteligência não alcança, transcende nosso entendimento, mas que A apreendemos por intuição sensível. Toda a Natureza criada é louvor à Vida em sua grandeza infinita.

Gravura R. de Cramer – detalhe, 1951/ Bruges, Bélgica.
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Nenhum comentário: