sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

Carta ao Presidente Luiz Inácio Lula da Silva

Prezado Exmo. Senhor Presidente da República Federativa do Brasil,
Luiz Inácio Lula da Silva,

O povo simples trabalhador será eternamente grato pelos benefícios recebidos nos seus oito anos de Governo.
O Brasil mudou, cresceu para melhor, e, se expandiu como Nação respeitada. Seu Governo, nestes anos de batalha servindo a nação com sacrifícios para o crescimento em todos os sentidos e combate à corrupção, foi mais do que o esperado.

Corrupção, vício antigo, sombra obscura e negra entre parlamentares em acordos com empresas privadas são histórias que escuto desde criança. Suborno, favoritismos inescrupulosos e inconcebíveis sempre alimentam oportunistas. É incrível como por todos os lados do planeta Terra a corrupção campeia, à margem da dignidade humana, por meio das armas, violência, guerras, drogas, sexo e baixarias do submundo.
Os ricos, “donos do mundo”, choram com suas cestas repletas de vantagens que não lhes foram retiradas. Muito dinheiro e nobreza de caráter, raramente, andam juntos. O sistema capitalista perverso e selvagem não se aproxima das classes operárias; delas só deseja vantagens e benefícios: trabalho semi-escravo e mão de obra barata. As dores e barbáries da 2ª guerra mundial de 1939, nem o horror da ditadura de 1964, serviram para mostrar que ser honesto e cuidar dos bens públicos são grandezas humanas que beneficiam a todos. É triste acompanhar a lerdeza que é evolução da espécie humana; crescemos em tecnologia e ciência e agimos como primatas.

A qualidade, atual, de Vida da classe trabalhadora no Brasil é o espelho do seu Governo, Senhor Presidente. Exemplo não só para o país, internamente, mas para todas as nações:
- habitação e saneamento básico.
- comida na mesa: pão, café, cereais, legumes, carnes, verduras, queijos, frutas, sucos e doces.
- aparelhos domésticos, geladeira, luz, telefonia fixas e celulares. Bens como jamais o povo simples e carente teve oportunidade de adquirir.
- educação, arte, esporte e lazer.
- carteiras trabalhistas assinadas, outro avanço.
- cultura, tecnologia e ciência.
- muito a ser feito, ainda, nas áreas da saúde, moradia e educação.

Seu Governo mostrou ao mundo que nós, o povo brasileiro, somos capazes de grandeza e exemplo como nação quando nos são dadas oportunidades de atuarmos e crescermos como cidadãos, como quaisquer outros cidadãos de qualquer parte dos cinco continentes.

Presidente Lula, o mais belo de seu Governo foram os seus gestos espontâneos de afeto e solidariedade para com o povo nas ruas e praças em campo aberto, com governantes estadistas e reis, sábios e analfabetos, santos e demônios (“populismo” só leitura das cabeças ocas). Seus braços, Senhor Presidente, se estendiam, indiscriminadamente, para todos; heróis e covardes, dando exemplo de dignidade e senso de justiça social. Não julgou os criminosos com mãos de ferro, nem condenou sem provas / pode ter sido até complacente. Tentou investigar o quanto pode. Deixou para a História o julgamento implacável dos senhores dos infernos.
Nem Jesus Cristo, Krishna, Moisés, Lao Tsé, Buda, Maomé, São Francisco de Assis ou Gandhi conseguiram varrer a corrupção da vida pública e privada. Não teve medo de errar, arriscou e acertou.

Seja feliz. Descanse um pouco com a sua esposa, família e amigos/as à sombra de uma frondosa árvore-mãe. Não queira ocupar, novamente, este posto da Presidência da República do Brasil. O remo, agora, é para a nova presidente, Dilma Vana Rousseff, que saberá dar continuidade às suas conquistas. Descanse, com altivez e coragem, que lhe é própria, e recomece em bom tempo sua batalha como um dos Senhores do Panteão do Olimpo para o bem do Brasil, por um mundo humanamente justo e feliz.

Meu abraço de cidadã andarilha há quase 72 anos na Terra e no Cosmo.

martha pires ferreira
(artista plástica e astróloga).
_________________________

2 comentários:

Anônimo disse...

Marthinha querida!!!
eu amei isso!!!
Embora tenha tido restrições a sua pessoa como Presidente em diversas ocasiões e não tenha sido sua eleitora no seu último pleito, não posso esquecer e admiro o homem doce, sensível, humano, destemido, audacioso e mergulhado na emoção que contagia!!
Assisti, parte, de uma entrevista sua na TVBRasil semana passada e ontem no programa "Esquenta" da Regina e confesso que lágrimas inundaram meus olhos e senti saudade dele.

Lindíssimas e ternas palavras, Martha!!
Bom senso, coerência e sensibilidade, em cada linha!

Feliz por ter o privilégio da sua doce e norteadora presença!

Já com saudade do nosso lindo Grupo de Estudo!

Feliz 2011!
Repleto de Ternura, Alegria e Muitíssima Felicidade para ti e Família!
beijos e até!
denise

Anônimo disse...

Denise, querida amiga,
em muito jamais concordei com PT e governo de Lula.
Luiz Inácio foi mais que ele mesmo e seu governo pela humanidade sem exclusões ao cumprir o que prometeu >>> melhorar a vida dos mais pobres; casa, comida, educação, saúde e transporte.
O Brasil andou para frente (muito,muito para ser feito!).

Abração afetuoso, martha