Páginas

sexta-feira, 13 de março de 2009

Flores do Bem

Sua Santidade, o Dalai-Lama

Em primeiro lugar, deveríamos avaliar nossa própria atitude para com os outros e verificar constantemente se estamos agindo bem. Antes de apontar o dedo para os outros, devemos apontá-lo para nós mesmos. Em segundo lugar, devemos estar preparados para reconhecer nossos erros e procurar corrigi-los.

Quando um dia parece longo demais, a tagarelice vazia faz com que pareça menor. Mas essa é uma das piores maneiras de empregarmos nosso tempo. Se o alfaiate fica apenas segurando a agulha no ar e passa o dia falando como o cliente, seu trabalho nunca termina. Além disso, corre o risco de espetar o dedo. Em suma, conversas sem sentido nem objetivo impedem-nos de realizar qualquer tipo de trabalho.

Se o seu coração é aberto e sincero, você naturalmente se sente satisfeito e confiante e não tem nenhuma razão para sentir medo dos outros.
___________________-
[ hoje - leitura, ao acaso, antes da meditação]

Palavras de Sabedoria
Ed. Sextante, 2001.
***************************

Nenhum comentário: